18.12.09

Inocentes ou Culpados ?

Sinto uma adorável sensação em retornar ao lar. Senti falta das atualizações, de pessoas e dos ti ti tis habituais. Mas este período ausente foi significativo pois permitiu-me ordenar melhor as idéias, trazer uma roupagem nova ao blog e elaborar novos intentos.

Lembram-se que eu havia dito que o retorno de conteúdos recalcados implica um absurdo?
Queres maior absurdo que envolver a ilusão das pessoas? cutucar suas crenças, seus dogmas, seus sonhos?

O "Sonho Tcheco" | Ceský Sen | foi um documentário realizado em 2004 que retrata tim tim por tim tim do que falei acima. Para o TCC de um curso de Cinema foi elaborado um REALLITY SHOW por dois sujeitos literalmente pirados. Uma idéia bastante diretiva: "vamos criar um Hipermercado! um local amplo, para família, um espaço para que as pessoas se confraternizem, vamos costumizar os produtos, torná-los acessíveis, inéditos!"
É importante citar que naquela época havia uma espécie de racionamento quanto ao acesso a hipermercados. As famílias possuíam cotas de consumo e tinham horários específicos para frequentá-los. Ou seja: um local muito distante de ser recreativo.
E olha que a idéia expandiu-se bem. Dê uma olhada no marketing:

  Clique sobre a foto que amplia, dica.

As ruas da República Tcheca assim como os principais veículos de comunicação foram ABSURDAMENTE invadidos por essa nova onda. Até os onibus ganharam uma nova roupagem. Convenhamos que, ficou bem mais bonito que os transportes de SP. Europa né?

Naturalmente, os dois alunos não trabalharam isoladamente. Para causar todo esse frisson eles contaram com o apoio de pessoas vinculadas ao governo, arquitetos, assim como o patrocínio de algumas marcas. Entre elas, os ternos Hugo Boss.


Talvez alguns se questionem "onde eles queriam chegar?" Eles pretendiam chegar exatamente aonde as pessoas desejam ir.
Me explico: gradualmente foi dado pistas sobre o endereço do Ceský Sen Hypermarket com o intuito de reunir o maior número de pessoas possíveis, as quais estavam envoltas nesse ato político, neste desejo pelo novo e esplêndido, na fetichização da própria mercadoria. Mas elas próprias não tinham conhecimento disso, assim como não imaginavam que este Hipermercado nunca existiria.

O Sonho Theco consistia numa ação politicamente consentida que consistiu em conduzir as pessoas à verdades sobre suas ações, até então desconhecidas. A crença no hipermercado fictício se assemelhava às ilusões políticas daquele mesmo momento, em que era discutido a possível associação à União Européia. Estes dois alunos buscaram retratar o quanto as pessoas estavam ludibriadas pela fala do outro.


A ação destes dois alunos teve incontáveis desdobramentos na vida da população iludida. Imaginem que as reações foram as mais incomuns e cômicas possíveis. Fim da história? certamente não, pois retornarei para discutirmos sobre as reações daqueles que compareceram no dia da pseudo-inauguração.

É interessante pensarmos no engano de nossas próprias ações. Desconhecemos muitos de nossos atos, sendo difícil significar nossas próprias reações. É justamente nessa concepção de um sujeito dividido que a Psicanálise se fundamenta, em desejos que embora desconhecidos determinam nossa vida mental.

O desejo é tido como uma presença, uma falta a ser preenchida - uma ação pulsional à um objeto. Pensemos no objeto: é a partir dele que o desejo advém - é preciso o conhecimento do mesmo (suas forma, sua imagem, sua existência) para que excitemo-nos a possuí-lo.
Porém, é preciso conciliar o desejo com as exigências da realidade e as proibições de uma consciência moralista. É uma ação complicada. Sustentar o próprio desejo é preciso, eis então o ato analítico, que tem por objetivo conduzir o sujeito ao conhecimento de suas ilusões, do Outro que o determina.

Lembrem-se que, o reallity show não acabou.

Créditos às fotos: site oficial
Download: diga-me seu e-mail
Trailler: aqui

Renato Oliveira

22 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Oi, Renato,
Estou em Salvador, mas vim aqui tricotar ;)

O layout é mais-do-que-lindo. Agora é preciso ter conteúdo. Não ainda ser Bonitinho, mas ordinário, rs.

"Mudando de assunto, podes pensar em uma". Escreveste isto no meu blog, mas me parece que faltaram umas palavras, rs. O que eu devo pensar?

Beijo,
Vanessa

Lara Amaral disse...

Obrigada pela visita e comentário, Renato. Beijos!

Júnia L. disse...

Obrigada pela visita,
O vintagen é simples mas está de portas abertas.
um beijao

Nathi disse...

Oooooolá! =)
Primeiramente, obrigada!

Agora sim: Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhh!
Psicólogo! *_* Estou cursando também! Amo, amo, amoooooo Freud e simplesmente me deliciei com seu post!
Fato que viverei por aqui!

Um grande beijo!

Andreia Flor Morena disse...

Oi Renato
Vim retribuir sua visita;
Sabe, eu faço terapia faz 2 anos e espero ser psicanalista um dia.
Fico bem feliz de poder compartilhar o seu espaço.

Um abraço

Michele disse...

ciao sono Michele di
http://pianetatempolibero.blogspot.com/
mi son messo fra i tuoi seguaci se ricambi mi fa piacere
buona domenica
Michele pianetatempolibero

Fernanda disse...

Eu fico imaginando como as pessoas conseguem mais coisas,por se dedicarem mais em algo que não vêem,elas mal haviam bisto o hipermercado,e eles conseguiram tudo isso....Parabéns pelo blog,visitarei aqui sempre=)

Kenia Chan disse...

Parece ser mais comico no que qualquer outro genero este filme.
Os caras foram espancados em publico em, linchados na verdade.

Sil disse...

É mesmo...

Hj em dia deixamos tudo no hd..r.s.rs.

Obrigada pela visita viu...
Tb vou seguir o seu!!

Bjos

Sônia Silvino disse...

Renato!
Passarei a tricotar também! Gostei do teu blog! Com apenas 21 anos e com tantas ideias na cabeça, imagina daqui a alguns anos... Brincando... Não liga!
Renato, fiquei muito feliz com a tua participação do blog Sendo feliz na terceira idade. Quando tiveres um tempinho, será um prazer te receber nos meus outros blogs também. Estarei sempre por aqui.
Abraços e bom final de domingo!!!

Sônia Silvino disse...

Renato... esqueci de dizer uma coisa muito importante: tem um presente pra ti no seguinte endereço...
http://soniasilvinothebestblogs.blogspot.com
Passe lá e descubra!!!
Abraços!

Anônimo disse...

Olá, garoto,

Eu passei por aqui e gostei do seu blog, muito interessante.

Mais interessante ainda encontrar alguém com gostos tão parecidos. Também sou estudante de psicologia, estou no nono semestre e também sou apaixonado por Freud, Lacan, Psicanálise, Audrey Hepburn...

Bem... se quiser conversar qualquer hora dessas, me add no orkut ou no msn:

tommycallan@gmail.com

Um abraço,

Kleber

Marcia Freddy. disse...

E que os ti ti tis continuem!

Bem-vindo de volta!

Bjs!

Claudia Bins (Cacau) disse...

OI Renato,

Obrigada pela visita ao Mosaicos do Sul! Você é muito bem-vindo a voltar sempre para viajarmos um pouco...
Aproveito para te desejar tudo de bom no ano novo que se inicia e um Natal repleto de boas energias e amor junto daqueles que te querem bem.

Abraço,

Cacau

Erica Vittorazzi disse...

Renato, adorei o seu blog. Cine Feud, que convidativo!!!!Adorei, e vou voltar mais vezes!!!

Tati disse...

Opa,voltastes Rapaz? =)
Que bom ter você de volta!
Tá lindo o blog... de roupinha nova.

Muito lindo mesmo o gift né?
Mas conta ai,que filme que você viu da Audrey?

Dri Viaro disse...

Que seu natal seja repleto das bençãos de Deus.
bjsss


tem promoção de natal no blog, participe!!

DANIZINHA disse...

Muito bom este post. Interessante. Gostei como vc fala de psicologia e cinema. Duas coisas que eu acho muito legais.
Obrigada pela visita de estréia..e por sentar no meu divã.

beijos

Fernanda disse...

Olá!!!
Vim retribuir o seu recado que adorei muito. E conhecer o Cine Freud. Estou lendo com calma, vendo os posts e estou gostando muitoooo!!! Com certeza ja estou seguindo...aos poucos lendo os posts, poderei colocar recadinhos que mais tenham a ver com os posts.. Otimooo Natal!! Tudo de bom!

Lisbelisa. disse...

Olá,
além de nos transportar para um lugar construído minuciosamente por nós, em cada palavra, em cada post, em cada comentário, o blog possibilita-nos conhecer a outros que também valorizam cada detalhe.
Com certeza voltarei para comentar seus escritos!

Cintia Carvalho disse...

Oi Renato!

Seja bem vindo. Final de ano é sempre corrido e complicado para todos nós mortais, trabalhadores e estudantes.

Interessante a idéia destes dois jovens tchecos. Nova e diferente. E uma coisa que me chamou muito a atenção foi o fato da propaganda feita em volta de seu "projeto ficticio". O marketin foi tão grande e tão bem feito que pelo que entendi as pessoas que la foram acreditaram que aquilo fosse verdade. No entanto, to imanginando e pensando nas reações, mais diferentes possíveis ao descobrirem a verdade.
Com certeza, vc vai falar muito bem sobre as reações que ocorreram.

Agora, seus questionamentos e reflexões sobre "ir em busca do desconhecido" estão bem coerentes com o contexto.

Aproveitando para lhe desejar um feliz e alegre natal!!!!

Um beijinho carinhoso.

Cintia Carvalho.

Ju Fuzetto disse...

Olá, adoreiiiiii seu blog...

Vc escreve super bem....


Parabéns por esse espaço...

Jà tô seguindo!